• eloyrusafa

Como evitar a hérnia de disco

Atualizado: 13 de dez. de 2021




A hérnia de disco pode ser causada por fatores intrínsecos do paciente e extrínsecos. Os fatores intrínsecos do paciente são o patrimônio genético herdado dos pais (fator responsável pela degeneração dos discos em apenas 30 % dos casos) e fatores anatômicos do paciente como o formato da lordose (curvatura da coluna lombar constitucional). Estes não são alteráveis e não podemos influenciar neles para prevenir a hérnia de disco. No entanto, as questões extrínsecas podem ser alteráveis:


1. Prática saudável e consistente de atividades físicas que permite o fortalecimento da musculatura ao redor da coluna. A musculatura fortalecida pode contribuir para redução das dores consequentes aos espasmos musculares, além de permitir que o osso mantenha-se fortalecido a longo prazo através do aumento da deposição de cálcio, principalmente quando realizamos exercícios contra a gravidade;


2. Manter a postura ereta - o trabalho e exercício em posturas viciosas pode sobrecarregar a estrutura do disco e acelerar a degeneração do mesmo, além de aumentar o esforço que a musculatura paravertebral deve fazer para manter a integridade anatômica da coluna. Portanto, a postura adequada é fundamental para manter o boa saúde da coluna a longo prazo;

3. O uso de salto alto - pacientes que fazem uso frequente de salto alto podem sobrecarregar a coluna lombar no dia-a-dia se sua musculatura não estiver preparada para isto. Pessoas que usam salto com frequência normalmente tem a musculatura mais preparada para o uso;

4. Evitar carregar peso em excesso - boa parte das crises de ciática (a dor relacionada a hérnia de disco) acontece quando o paciente carrega algum peso que sobrecarrega sua coluna excesso e pode danificá-la. A carga do levantamento de peso, principalmente durante o agachamento, é transferida massivamente para a coluna e o amortecimento dos discos da coluna nem sempre está preparado para o peso que vai sobre ela;

5. Fazer exercícios assistidos - frequentemente recebo no consultório pacientes que apresentaram lesão na coluna lombar ou cervical ao realizar exercícios físicos sem assistência de um profissional habilitado para orientá-los ou que, por empolgação, acabaram levantando peso em excesso e apresentaram lesão. Tais lesões acontecem muito frequentemente inclusive na prática do cross-fit;

6.Tratar patologias da coluna e não negligenciar dores na região. As dores na coluna lombar baixa também podem apresentar sua origem em alguma doença do quadril, joelho e membros inferiores e tratá-los pode ser importante para evitar problemas futuros na coluna lombar;

7. Evitar ganho de peso e obesidade - estes podem sobrecarregar a coluna lombar, além de enfraquecer metabolicamente a musculatura e levar a fraqueza consistente da mesma;


8. Evitar o tabagismo - o tabaco inibe óxido nítrico e leva a degeneração dos fibroblastos do disco o que pode causar degeneração acelerada dos mesmos;


9. Controle adequado do diabetes - é sabido que a glicozilação das proteínas do disco pode levar a aceleração da degeneração do disco e o diabetes deve ser controlado de maneira agressiva.

Em dúvida sobre diagnóstico ou como proceder na ocorrência de hérnia de disco? Entre em contato com o Dr. Eloy Rusafa.

Dr Eloy Rusafa,

CRM-SP: 119869

Neurocirurgião especialista em coluna pela USP


Agende sua consulta online!


Endereço: Rua Desembargador Eliseu Guilherme 200, Cj 601, Paraíso São Paulo- SP Marque sua consulta nos telefones: (11) 3051-2543 ou pelo WhatsApp: (11) 94120-6103

43 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo